13 de março de 2009

INFORMAÇÃO

Enquanto que a maioria das religiões encaram a prática sexual como um "pecado", um ato promíscuo, existem algumas crenças em que a prática sexual é essencial para a evolução espiritual, como o tantrismo por exemplo, que tem o sexo como um ato sagrado.




Para quem não sabe, Tantra é uma filosofia hindu muito antiga cuja natureza comportamental mais lhe faz delinear, tendo por características: matriarcal, sensorial, naturalista e desrepressora, também é o Tantra um complexo sistema de descrição da realidade objetiva tornando-o assim uma ciência prática e aplicável, sendo a base do pensamento de um povo muito muito antigo que até hoje faz ecoar sua influência sobre a sociedade contemporânea.

Nas sociedades primitivas não-guerreiras, na qual a cultura não era centrada na guerra, a mulher era fortemente exaltada e até mesmo endeusada, na medida em que dava vida a outros seres humanos. Dai, a qualidade matriarcal. A partir dessa qualidade desdobra-se a qualidade sensorial ("a mãe dá à luz pelo seu ventre e alimenta o filho pelo seu seio") e a desrepressora, tendo que a mãe é sempre mais carinhosa e liberal que o pai, pelo facto de o filho ter nascido do seu corpo e a própria natureza, normalmente, ter o macho de mais agressivo.

É muito comum encontrar pessoas que não sabem o que é "Tantra", e o que ele pode fazer por elas. Provavelmente a visão mais comum é de que "Tantra" é uma religião, um culto ao sexo livre, um manual de sexo ou uma terapia sexual new age.

Na verdade, nenhum desses pontos de vista está totalmente errado, mas nenhum explica realmente o que é "Tantra."

A primeira coisa a ser entendida é que a prática do Tantra é antes de qualquer coisa, consciência, para levar você de volta para sua casa, para sua origem divina, e não somente uma maneira de ter mais e melhores orgasmos.

Claro que nesta prática, existem muitas técnicas para melhorar orgasmos, tratar ejaculação precoce, frigidez, etc...

Mas de alguma forma, nós ocidentais confundimos a palavra "Tantra" somente com posições sexuais, orgasmos e técnicas para o sexo duradouro.

O Tantra hoje é praticado no mundo todo, em diversas seitas como por exemplo a Universidade Golden Altay, que se localiza na Sibéria, onde acredita-se que um dos caminhos da evolução é o sexo tântrico.
Na Índia, existem três tipos de tantrismos:
- O branco, onde não há o derramamento do sêmem, ou seja, não há ejaculação.
- O cinzento, onde algumas vezes pode haver o derramamento do sêmem.
- O negro, onde há o derramamento do sêmem, mas nessa classe existem os magos negros, que após a ejaculação, utilizam de processos asquerosos para reabsorver o sêmem pela uretra, após tê-lo derramado.

Um comentário:

Vitor N disse...

Legal ver uma mulher inteligente e culta. Gostaria de saber se o fato de (é verdade?) você seguir uma religião da natureza (Wicca?) facilitou superar as barreiras e condicionamentos sexuais pra trabalhar como atriz pornô.